Por que o céu é azul?

O céu não é sempre azul. A cor do céu depende do horário e da cidade que você se encontra.
Já parou para pensar por que isso acontece? Tudo isto acontece graças à forma como a luz se espalha pela atmosfera! Pode parecer estranho, mas a luz é uma forma de energia que atravessa o espaço como uma onda. Isso mesmo: uma onda! Só que uma onda bem pequenininha: para achar o comprimento de uma onda de luz solar, por exemplo, precisaríamos dividir um milímetro em mil partes iguais.

O tamanho da onda descrita por essa forma de energia que determina a cor que ela tem. As ondas menores são azuis; as ondas mais compridas são vermelhas.

Você já viu um prisma? O prisma é um objeto de vidro ou cristal usado para decompor (separar em composições) a luz solar. Você certamente sabe que o branco é a junção de todas as cores. Pois a luz solar é branca justamente por ser formada por ondas de diferentes tamanhos. Com a ajuda de um prisma, conseguimos ver os feixes coloridos que a formam.

A luz do sol ao chegar na Terra, encontra a atmosfera, ou seja, a grande massa de ar que envolve o planeta. Ao se chocar com as moléculas de ar, as ondas de diferentes tamanhos, começam a se espalhar cada uma de um jeito. As ondas de menores comprimentos se espalham com mais facilidade. A onda (visível) de menor comprimento é a azul…Explicando então a tonalidade normal do céu.

Com isso podemos também exmplicar as variações de cor no céu. De tardezinha o sol ilumina obliquamente, assim os raios tendem a fazer um caminho mais longo para chegar à Terra. Tal fato faz dispersar quase totalmente a luz azul e torna visível a vermelha, que possui um comprimento maior, dando-nos o maravilhoso do pôr-do-sol.

E o que ocorre em cidades mais poluídas?

Agora não é mais o ângulo e o fato de ser um caminho mais longo, que está influenciando . Nas cidades mais poluidas além das moléculas de ar, estão em suspensão, na atmosfera, partículas de poeira. Quando essas partículas são menores que as ondas, provocam um espalhamento ainda maior da luz. As ondas de cor azul se espalham tanto, que acabam se diluindo, permitindo assim que enxerguemos ondas mais compridas como as vermelhas e as amarela.

Este espalhamento é chamado de Espalhamento Rayleigh, e é um tipo de espalhamento elástico, i.e., um espalhamento que conserva a frequência inicial da onda.

Para quem não está familiarizado com a expressão “i.e.”, significa “isto é” e está presente em muitos livros atualmente.

Fontes de informações:
Física à distância – Instituto de Física/UFRJ
Ciência Hoje das Crianças – Por quês?

fiocruz

About these ads

4 Respostas to “Por que o céu é azul?”

  1. Tio Dé Mansfield Says:

    vc esqueceu e citar uma parada após tanta física: O CÉU É LINDÃO!
    por do sol então… pooooooooooooow! nostalgia total de toda uma vida!

    aushauhsuahsuhasuhaushas

    bjos!

  2. JUan Says:

    Carambaa interessante isso
    bjaoo

  3. Tia Isis (sem plágio) Says:

    sóoooooooooooooooooooooooooooooooooo
    hehe
    é lindo sim!!!
    muito bom o blogg thami..
    adorei

  4. caio Says:

    rafles já viu isso ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: